Flayne Henrique Ribeiro, de 25 anos, morreu na tarde desta segunda-feira (29) após ser atingido por diversos tiros dentro de uma oficina mecânica, na Avenida Dom Pedro Primeiro, no Setor Jardim Vila Boa, em Goiânia.

A perícia ainda está no local e a motivação do crime ainda não foi descoberta. Entretanto, segundo as investigações, dois homens teriam chegado em um carro e um deles descido e pedido à vítima um orçamento de um serviço. Flayne, teria dito que era para eles falarem com o dono do estabelecimento. Então, um deles, que estava armado, teria perguntado quem ele era. Quando o rapaz confirmou a identidade dele, o homem começou a realizar vários disparos. Flayne tentou fugir e correu cerca de 40 metros com o atirador o perseguindo, mas acabou caindo em uma calçada da Rua Rui Barbosa. Somente dentro da oficina foram disparados pelo menos treze tiros.

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBM-GO) foi chamado, mas o homem não resistiu aos ferimentos e morreu antes da chegada do socorro. A Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios seguirá investigando o caso. (Mariana Carneiro, estagiária do GJC em convênio com a UFG)