Um homem suspeito de “vender” vagas para cirurgias em hospitais públicos de Goiás foi preso nesta terça-feira (12). Segundo a Delegacia Estadual de Repressão aos Crimes contra a Administração Pública (Decarp), o suspeito cobrava de R$ 1.2 a R$ 2 mil para que pacientes fossem atendidos sem ter que aguardar na fila de espera. De acordo com a Decarp, os atendimentos interm...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários