Leandro Pinheiro da Silva, de 33 anos, foi preso em flagrante neste sábado (07), em Goiatuba, após confessar ter matado a companheira, Milene Maria Maurício, e o suposto amante dela, Halbert Sousa Campos. De acordo com a Polícia Civil (PC), depois de agredir e manter em cárcere privado sua então companheira, o suspeito foi preso em outubro de 2018, mas sete meses ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários