Depois de ser criticado por seu comportamento durante a última live no dia 11 de abril, o cantor sertanejo Gusttavo Lima postou um vídeo em seu Instragram na noite desta sábado (18) mostrando a entrega de cestas básicas para as famílias da Comunidade Terra do Sol, em Aparecida de Goiânia, na quinta-feira (16). Na apresentação ele diz que pretende ajudar essas famílias “eternamente” e que só quem esteve “do outro lado da moeda” sabe a importância de receber ajuda.

Na postagem ele diz: “O trabalho continua. Enquanto eu tiver condições e saúde irei ajudar essas famílias. Eternamente.” Ele acrescenta que o trabalho vai continuar nos bastidores e que as doações atenderão 700 pessoas da Comunidade Terra do Sol, em Aparecida de Goiânia. Ele afirma, ainda, que todas as doações têm muita importância, mas que ajudar estas famílias tem significado “ainda mais especial.” Ele decidiu não fazer mais lives depois de ser criticado e acionado pelo Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar).

O vídeo mostra dezenas de pessoas em filas, carregando alimentos, sorrindo, agradecendo pela ajuda. E o cantor ainda escreve em seu texto: “Tentamos evitar aglomeração de pessoas ao máximo, o que foi praticamente impossível. A emoção foi grande! As imagens falam por si.” E o sertanejo ainda diz que ficou feliz em ajudar um local que era invisível para muita gente, que ali enxergou vida. Por fim ele agradece o apoio dos fãs, parceiros e apoiadores do projeto.

No vídeo de três minutos, uma música toca enquanto são apresentadas diversas imagens da entrega e das famílias beneficiadas. Depois de uma narração do cantor, pessoas da comunidade agradecem e uma criança canta uma das músicas de sucesso do cantor.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por 🏛 Gusttavo Lima 🏛 (@gusttavolima) em

O cantor narra o seguinte texto:

"Só quem esteve do outro lado da moeda sabe a importância de receber ajuda. A partir do momento que vi o sorriso dessas pessoas entendi o real significado de amar ao próximo. Aquelas simples lives, na qual me julgaram por todas as ações, mudou (sic) a vida de centenas de pessoas. E isso, no final das contas, é o que realmente importa. Fazer de coração, ajudar o próximo, distribuir o amor e a felicidade. E você? Já pensou em mudar o mundo hoje?"

Lives

Gusttavo Lima é mineiro, mas mora em Goiás desde o início da carreira. Ele foi o primeiro cantor a investir em produção para a apresentação de uma live (apresentação ao vivo nas redes sociais) e a moda pegou e tem sido incentivada por ser alternativa de lazer durante a quarentena, quando o isolamento social tem sido adotado por todo País na tentativa de reduzir o contágio pelo novo coronavírus. Depois disso, diversos cantores também se organizaram para uma apresentação com produção mais incrementada, acompanhados de som profissional e equipes técnicas, em alguns casos até com a participação de outros músicos.

Nas duas lives do sertanejo, nos dias 28/03 e 11/04, foram arrecadadas centenas de toneladas de alimentos, álcool gel, máscaras de proteção, além de dinheiro. Na última live, Gusttavo Lima gerou polêmica ao dizer que doaria um cheque de R$ 500 mil para famílias do “lixão de Aparecida”. A prefeitura da cidade emitiu nota dizendo que não existe lixão na cidade, mas um aterro sanitário. Apesar disso, cerca de 700 famílias ainda moram em condições precárias no local.

O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) abriu representação ética contra o cantor sertanejo Gusttavo Lima pela quantidade de bebida alcóolica ingerida pelo artista nas lives que têm feito durante a pandemia do coronavírus. O órgão de regulamentação publicitária apresentou a ação após denúncias de internautas. Entre as irregularidades pode estar, também, a falta de mecanismo para o acesso de menores de idade.