Governadores de 13 Estados assinaram ontem uma carta contra o decreto que facilita o porte de armas e o acesso a munições no País, publicado há duas semanas pelo governo Jair Bolsonaro. O documento diz que as novas regras podem piorar os índices de violência nos Estados, e pede aos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário que atuem para a “imediata revogação” do d...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários