Os imóveis em Goiânia têm ficado cada vez menores. A troca de casas por apartamentos, de grandes salas comerciais por escritórios ou mesmo atendimento pela internet fez com que, nos últimos dez anos, o tamanho médio das edificações reduzisse dez metros quadrados (m²) por ano. Em 2011, a divisão da área construída da capital pela quantidade de imóveis com construções exi...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários