Goiânia ultrapassou nesta terça-feira (15) a marca dos 80 mil testes positivos e das duas mil mortes causadas pela Covid-19. De acordo com o boletim desta tarde, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o total de casos na capital é de 80.251, com 401 novos casos registrados nas últimas 24 horas. Já o total de mortes é de 2.013, com mais 15 óbitos cadastrados desde ontem.

De acordo com a pasta, das mais de 80 mil pessoas que testaram positivo até agora, 77.610 já estão recuperadas. Outras 290 pessoas seguem internadas para tratamento contra a doença. A SMS ainda monitora 338 pessoas que testaram positivo, mas por não apresentarem sintomas graves, não precisaram de internação, mas precisam manter regras de isolamento para não disseminar o vírus.

A pasta ainda informou que, do total de casos, 93% não precisaram de internação. Isso corresponde a 74.315 pessoas que se recuperaram da infecção causada pelo Sars-CoV-2 sem a necessidade de permanência em unidades de saúde. Diferente de outros 5.936 (7%), que tiveram que passar algum período em hospitais, sendo 2.641 deles em leitos de terapia intensiva.

Considerando apenas as mortes causadas pela doença, a SMS informou que 59% das vítimas são do sexo masculino e 41%, do sexo feminino. As principais vítimas continuam sendo idosos, com 78% dos casos. Depois aparecem pessoas entre 40 e 59 anos, com 18% dos casos e quem tinha entre 20 e 39 anos, com 4% dos casos. Menores de 19 anos somam seis mortes e não registra 1%.