Goiânia tem 72.976 testes positivos de coronavírus (Sars-CoV-2) desde o início da pandemia. Destes, 70.206 pessoas já estão recuperadas e 335 estão internadas para tratamento contra a doença. Outras 659 pessoas estão em casa, sendo monitoradas por equipes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O total de mortes pela doença na capital permanece o mesmo, com 1.776 casos, o mesmo registrado na quinta-feira (12). O motivo é mais um dia de instabilidade no sistema de cadastro de casos graves e óbitos do Ministério da Saúde (MS).

Entre os casos confirmados, a SMS informou que 38.971 pessoas infectadas são do sexo feminino e 34.005, do sexo masculino. Pessoas entre 20 e 39 anos representam 43% do total de infectados, seguido de pessoas entre 40 e 59 anos, com 34% dos registros e, em terceiro, idosos com 60 anos ou mais, com 16% dos casos. Crianças e adolescentes entre 10 e 19 anos representam 5% dos casos e crianças com menos de 10 anos, 2%.

Do total de pacientes que testaram positivo para Covid-19 em Goiânia, 67.677 não precisaram de internação hospitalar por não apresentarem sintomas graves da infecção, diferente de outros 5.190 pacientes que tiveram que passar algum período em unidades de saúde para tratamento. Destes, 2.248 tiveram de tratamentos intensivos em leitos de UTI.