Atualizada às 14h36

A Secretaria de Saúde de Goiânia pretende vacinar 10 mil pessoas contra a Covid-19 no drive-thru que funcionará no Paço Municipal a partir das 8 horas deste sábado (10). Estarão disponíveis vacinas da Janssen, imunizante de dose única, Coronavac e AstraZeneca, ambas de duas doses. A pasta garante que montará um esquema especial para evitar a ação dos chamados sommeliers de vacina, como são conhecidas as pessoas que tentam escolher a marca do imunizante que quer tomar.

>> Receba gratuitamente em seu whatsapp notícias de Goiás sobre vacinação, Covid-19, decretos e outras informações relevantes. Clique. <<

A SMS não divulgou a quantidade disponível de cada marca. A ideia do Paço, conforme noticiado pela coluna Giro, era utilizar apenas doses da Janssen. Estarão presentes na abertura dos trabalhos o prefeito Rogério Cruz (Republicanos) e o governador Ronaldo Caiado (DEM).

Segundo Luana Ribeiro, secretária executiva, foi feito o levantamento de doses remanescentes nos postos de saúde e distritos sanitários, de terá a quinta-feira, chegando ao montante de 10 mil. Por causa de questões de logística, não será possível utilizar a Pfizer.

As 10 mil doses que serão usadas neste sábado representam cerca de metade de todas as aplicadas durante a semana. Balanço divulgado nas redes sociais da Prefeitura no domingo (4) apontava 556.157 primeiras doses aplicadas. Na manhã dessa sexta, novo balanço apontava 575.981. De segunda até quinta, 19,8 mil pessoas foram vacinadas. Para essa sexta (9), com a chegada de carregamento com 47 mil doses da Pfizer, foram abertas cerca de 7 mil vagas.

De acordo com Luana Ribeiro, os 300 profissionais que trabalharão no drive-thru deste sábado estão orientados a não informarem qual imunizante está sendo aplicado em cada fila. A pessoa só saberá quando estiver com o técnico que vai aplicar a vacina. 

A SMS já consultou o Ministério Público sobre a possibilidade de colocar no fim da fila quem se recusar a tomar vacina de alguma marca.