Goiás teve a confirmação de mais sete mortes causadas pelo novo coronavírus e, nesta quinta-feira (21), o total de óbitos pela infecção do Sars-CoV-2 chegou a 85. O total de pessoas que testaram positivo é de 2.155, 106 a mais do que o apresentado no boletim de quarta-feira. Ainda existem 16.585 casos suspeitos em Goiás, além de outros 6.493 que já foram descartados até agora.

A Secretaria Estadual de Saúde de Goiás (SES-GO) informou que ainda existem mais 24 mortes que estão em investigação. Outros 187 óbitos já foram analisados e a infecção pelo novo vírus descartada como causa para estes. Segundo a pasta, 1.099 pacientes são do sexo feminino e os outros 1.056 do sexo masculino.

A faixa etária mais afetada até agora é de pessoas com idades entre 30 e 39 anos, que somam 534 casos. Pacientes com idades entre 40 e 49 anos estão em segundo na lista, com 486 casos. Em terceiro lugar, pacientes com idades entre 20 e 29 anos com 338 casos. Já as pessoas com idades entre 50 e 59 anos chegam a 332. Idosos de 60 a 69 anos somam 192 casos e com idades entre 70 e 79 são 103 confirmações.  

Idosos com mais de 80 anos somam 52 confirmações. Já as crianças e os adolescentes são os menos afetados até agora. O menor índice é entre crianças com idades entre 10 e 14 anos, com 30 confirmações. Já os adolescentes de 15 a 19 têm 42 casos e os menores de 10 anos chegaram a 46 registros.

Dos 246 municípios goianos, o boletim mostra que 38 ainda seguem sem registro do novo coronavírus. Outras 113 cidades possuem casos suspeitos e 95 já têm casos confirmados da infecção.