Em um mês, Goiás observou os números de mortes e de casos de coronavírus (Sars-CoV-2) quase dobrarem. Se em 1º de agosto o Estado tinha 69.679 infecções, nesta terça-feira (1º) já são 135.926 confirmações. O registro de mortes passou de 1.691 para 3.212 neste mesmo período.

Os dados constam no boletim epidemiológico divulgado hoje pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO), que chama atenção também pelo quantitativo elevado de confirmações nas últimas 24 horas.

Em todo o Estado, foram inseridas mais 3.226 confirmações da doença de ontem para hoje e 118 novas mortes na plataforma de contagem de dados – a quantidade de óbitos em 24 horas é a segunda maior de toda a série histórica.

A SES-GO informou, ainda, que existem outros 230 óbitos suspeitos que estão em investigação para verificar a possível relação com o vírus. Já foram descartadas 1.225 mortes suspeitas nos municípios goianos.

Considerando o total de casos, além das mortes, Goiás registra 126.138 pessoas recuperadas até agora. Ainda existem 205.303 casos suspeitos em investigação, mas outros 102.813 já foram descartados depois de exames laboratoriais.