Maria Silva Ramos, de 69 anos, é mais servidora do Estado e vítima da Covid-19 em Goiás. Ronaldo Caiado e Lincoln Tejota, Governador e vice-governador do Estado de Goiás, lamentaram nas redes sociais neste sábado (11), a morte de Maria. Ela era funcionária da Casa Civil, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, e segundo Caiado, fazia parte do grupo de risco e trabalhava em home office desde o dia 13/03.

A Casa Civil divulgou uma nota de pesar pela morte da servidora. Na nota diz que ela sempre foi alegre e prestativa e atuou na pasta por 25 anos. A nota ainda diz que o secretário em exercício Alan Tavares "manifesta suas mais sinceras condolências à família e aos amigos por esta grande perda."

Confira a íntegra da nota:

A Secretaria de Estado da Casa Civil informa, com profundo pesar, a morte nesta manhã da sua servidora Maria Silva Ramos, de 69 anos, que esteve ao nosso lado por 25 anos na secretaria e no serviço público estadual desde 1984. Todos recebemos a notícia com bastante tristeza e o secretário em exercício Alan Tavares manifesta suas mais sinceras condolências à família e aos amigos por esta grande perda.

Maria morreu em decorrência da Covid-19 após passar mal nesta manhã e ser atendida no Hospital Santa Helena, em Goiânia. Como todos os servidores do grupo de risco, a auxiliar de gestão administrativa estava afastada do trabalho desde o dia 13 de março, no regime especial de Desocupação Funcional, estabelecido pelo Governo de Goiás e que prevê as medidas preventivas de emergência relacionadas aos servidores em virtude da pandemia do coronavírus.

Maria, como lembram os colegas servidores, sempre foi muito alegre e prestativa, querida por sua gentileza e disponibilidade em todos os seus anos de carreira no serviço público. Não haverá velório e o sepultamento está previsto para o início desta noite, no Memorial do Cerrado às 19 horas. Toda a Casa Civil expressa seus sentimentos aos familiares, prestando as mais sinceras condolências.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Perdemos, nesta madrugada, mais uma servidora do Estado de Goiás para a Covid-19. É com muito pesar que recebi a notícia que Maria Silva Ramos, funcionária efetiva da Casa Civil, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, é mais uma vítima dessa doença que tem provocado tanta dor. Neste momento de tristeza, que passamos no país e em Goiás, presto minhas condolências à família dela e a todas as famílias que perderam seus entes queridos. Estamos chegando a fase mais crítica do coronavírus em nosso Estado. É muito importante que todos que possam se manter em isolamento social, fiquem em casa. Vamos juntos vencer essa batalha!

Uma publicação compartilhada por Lincoln Tejota (@lincolntejota) em