Crescimento do número de casos, aumento da taxa de ocupação em UTIs e falta de medicamentos para entubação de pacientes graves. O cenário que assistimos atualmente é apenas o início da fase mais preocupante da Covid-19 em Goiás na avaliação de especialistas e do secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino. “Provavelmente nós já começamos a viver os 30 dias mais...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários