Com 91 mortes por complicações da Covid-19 confirmadas nas últimas 24 horas, Goiás chegou nesta quarta-feira (24) a 4.356 óbitos em decorrência da doença. O número foi o maior registro em 24 horas desde domingo (20), quando 17 foram confirmadas. Na segunda-feira (21), o total de mortes foi de 12; na terça (22), 64 e na quarta-feira (23), 37. Como há atraso nas notificações, não significa dizer que os óbitos ocorreram no mesmo período. Os dados são do Boletim diário da Secretaria de Estado de Saúde de Goiás (SES-GO).

Em todo o território goiano já são 195.601 casos da doença. Do total, 2.956 confirmações aconteceram entre quarta-feira e esta quinta-feira. De acordo com a SES-GO, há o registro de 184.097 pessoas recuperadas e outros 222.760 casos suspeitos em investigação. Até o momento, a letalidade é de 2,23%.

Capital
Goiânia registrou mais 40 mortes por Covid-19 nesta quinta-feira. De acordo com o informe epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, com as novas notificações, a capital atingiu a marca de 1.287 óbitos desde o início da pandemia. O número de casos da doença subiu para 53.308, sendo que 937 foram registrados em 24 horas.

Do total de pacientes infectados pela doença, 94% estão recuperados (49.842), 427 seguem internados e 1.752 estão em acompanhamento domiciliar. Do total de internações, 44% necessitaram de UTI, segundo a pasta.

O Brasil registrou 818 novas mortes pela Covid-19 e 32.129 casos da doença nesta quinta-feira. O País tem 139.883 óbitos e 4.659.909 infecções desde o começo da pandemia.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 693. Recentemente, o País chegou a estar em situação de queda da média, mas retornou para a estabilidade.