O Estado de Goiás anunciou na manhã deste sábado (9) que vai receber do Ministério da Saúde 3,2 milhões de doses da vacina CoronaVac, imunizante produzido pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório Sinovac. Esse número representa 7% das vacinas adquiridas pelo governo federal. Ao todo, 46 milhões de doses estão previstas para serem distribuídas por todo Brasil.

Ainda segundo o governo de Goiás, o Estado já está preparado para iniciar a vacinação no final do mês de janeiro ou no ínicio de fevereiro. De acordo com o secretário de Estado de Saúde (SES-GO), Ismael Alexandrino, o Ministério da Saúde provavelmente disponibilizará as datas dos repasses na próxima semana. 

Goiás conta com 1,8 milhão de agulhas e seringas em estoque para o início da imunização. Além disso, comprou mais 2 milhões, dois quais 1 milhão está a caminho do Estado. A previsão é de que o montante total dos insumos chegue em solo goiano até o dia 15 de janeiro. Além disso, a SES-GO já possui um plano de vacinação com diferentes cenários, enquanto as ações do governo federal seguem indefinidas.