Há pelo menos 15 anos, Eder Alves da Rocha, de 51 anos, comercializava vagas em cirurgias eletivas em hospitais públicos de Goiânia, de acordo com investigação da Polícia Civil. As duas unidades de saúde citadas nos autos são o Hospital das Clínicas (HC) e o Hospital Estadual Geral de Goiânia Dr. Alberto Rassi (HGG). As fraudes, constatadas pela Operação Otium, da Deleg...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários