O sondador Lieuzo Luiz dos Santos sente como se tivesse nascido de novo. Ele estava sobre a barragem da Mina do Córrego do Feijão quando houve o rompimento, no último dia 25 de janeiro, e escapou apenas com uma fratura na perna direita. Em entrevista à TV TEM, filiada da Globo do interior de São Paulo, Lieuzo contou que presta serviço a uma empresa terceirizada pela V...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários