Relatório da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) concluiu que fortes chuvas causaram a mortandade de peixes registrada no dia 3 de fevereiro, no Rio Vermelho, em Aruanã. O documento descartou hipótese de contaminação da água por elementos químicos danosos, assim como a presença de pesticidas e agrotóxicos. Além disso, os testes realiz...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários