A força-tarefa que investiga o assassinato dos advogados Marcus Aprígio Chaves, de 41 anos, e Frank Alessandro Carvalhaes de Assis, de 47, informou na manhã desta terça-feira (3) que realiza diligências para apurar a motivação do crime. Em nota, a Polícia Civil (PC) esclarece que também apura a possibilidade de um mandante do crime. A corporação informa que o inqu...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários