Após serem procurados pela ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, o procurador-geral de Justiça Aylton Vechi e membros da força-tarefa que investiga os crimes supostamente praticados por João Teixeira de Faria, o João de Deus, de 77 anos, estiveram ontem no Ministério da Justiça para propor uma mudança na legislação para casos que envol...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários