Após serem procurados pela ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, o procurador-geral de Justiça Aylton Vechi e membros da força-tarefa que investiga os crimes supostamente praticados por João Teixeira de Faria, o João de Deus, de 77 anos, estiveram ontem no Ministério da Justiça para propor uma mudança na legislação para casos que envol...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários