Pelo menos 350 hectares do Parque Estadual Altamiro de Moura Pacheco já foram queimados até o meio da tarde de ontem (14), desde que o local foi acometido por um incêndio que teve início em uma propriedade vizinha na madruga de domingo (30). O local, que tem cerca de 3 mil hectares, é o lar de diversos animais e plantas endêmicos do Cerrado que estão em processo de ext...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários