Uma sentença da Justiça Federal do Ceará, assinada pelo juiz Luis Praxedes Vieira da Silva, de Fortaleza, acaba com o uso de câmeras de videomonitoramento para registrar infrações que violem o direito de intimidade e privacidade dos condutores e também aquelas que já possuem o próprio sistema de fiscalização.Na prática, infrações como fazer o uso do celular dentro do c...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários