Quando a noite de sábado (27) chegou a notícia se espalhou como um rastro de pólvora. Em minutos, a morte do médico Ciro Ricardo Pires de Castro, de 75 anos, que não resistiu às complicações da Covid-19, chocou não apenas seus familiares e colegas de profissão, mas pacientes e pessoas que trabalharam com ele. A generosidade e a dedicação, suas aliadas na prática médi...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários