A família de Juscelino Costa Alves, de 29 anos, vive uma situação angustiante. Eles denunciam que os médicos do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), onde o paciente está internado, informaram que Juscelino pode ter sofrido morte cerebral há dez dias e que teriam, inclusive, aberto um protocolo para a realização do exame para constatar o quadro. Um documento o...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários