Familiares do pró-reitor de pós-graduação da Universidade Federal de Goiás (UFG), o professor Laerte Guimarães Ferreira Júnior, estão fazendo uma campanha para pedir a doação de sangue de pessoas que já tenham contraído o novo coronavírus, de maneira assintomática, tipo sanguíneo A+ e que já estejam curadas há mais de 20 dias. O professor testou positivo para Covid-19 e está internado em um hospital privado de Goiânia.

Com as doações, a expectativa do Hemolabor, laboratório que presta serviço de banco de sangue ao hospital em que o pró-reitor está internado, é realizar um tratamento com anticorpos de pacientes curados. Segundo o diretor técnico do laboratório, o hematologista Luis Henrique Ribeiro Gabriel, esse tipo de tratamento já foi efetuado em mais de 20 pacientes, desde o dia 8 de abril, com resultados positivos. Para o médico, a maior dificuldade no momento é de encontrar doadores, principalmente devido às restrições.  

Para realizar as doações, os interessados deverão entrar em contato com o laboratório pelo telefone (62) 3605-6600.

Os doadores também deverão seguir os seguintes critérios: ter entre 18 e 60 anos; acima de 55 kg; preferencialmente do sexo masculino, ou mulheres que nunca engravidaram.

Doações para o Hugol

O banco de sangue do Hospital Estadual de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), necessita de doadores de todos os tipos sanguíneos para a manutenção de seus estoques, principalmente de sangue do tipo O negativo, cujas reservas se encontram em estado crítico.

Para realizar as doações, a unidade de coleta e transfusão (UCT) do hospital está realizando o agendamento prévio para evitar aglomerações, por meio dos telefones (62) 3270-6661 e (62) 3270-6662.

Como requisitos básicos os doadores deverão estar saudáveis, t​erem peso acima de 50kg, apresentarem documento com foto válido em todo o território nacional e idade entre 16 e 60 anos, sendo que antes de completar 18 anos é necessária uma autorização dos pais ou responsáveis. Quem tomou a vacina da febre amarela deve aguardar 30 dias para ser doador. E quem apresenta sintomas gripais ou de resfriado não deve doar sangue no momento.