Alívio e felicidade. Esses foram os sentimentos da família Suzin na manhã desta terça-feira (14) depois de serem informados sobre a liminar que resguarda o cultivo, porte e uso de cannabis medicinal para pai e filho, Ivo Suzin, de 59 anos, e Filipe Suzin, de 29. A decisão da Justiça Federal de Goiás é um habeas corpus preventivo para evitar que eles sejam presos, investi...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários