Atualizado às 20h47 O aumento de demanda por testes do novo coronavírus do tipo RT-PCR superlotou três grandes laboratórios privados que abastecem hospitais, secretarias municipais e outros laboratórios de Goiás. Na última semana, as três unidades tiveram que “pisar no freio” e diminuir a quantidade de amostras que recebem por dia. Em dois casos, houve diminui...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários