Os assassinatos de um vigilante penitenciário e sua esposa, na saída do trabalho, seguido de um princípio de rebelião na Penitenciária Odenir Guimarães (POG), no dia seguinte, têm uma coisa em comum: a facção carioca Comando Vermelho (CV). Integrantes deste grupo criminoso são os responsáveis pela morte do casal e comandam a ala onde houve o motim. Elias de Souza ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários