Lideranças da facção carioca Comando Vermelho (CV) na Região Metropolitana de Goiânia se perpetuam no poder mesmo depois de presos e conseguem manter atividades criminosas substituindo seus comandados detidos ou mortos por mais jovens. É o que revela investigação da Delegacia Estadual de Homicídios (DIH) da Polícia Civil de Goiás que cumpriu 21 mandados de prisão no mê...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários