O ex-presidente do Instituto de Assistência dos Servidores Públicos do Estado de Goiás (Ipasgo) e atual diretor técnico da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Estado (Codego), Sílvio Fernandes, teve detectada a Covid-19 em seu organismo pela segunda vez em um intervalo superior a cem dias. E desta vez, segundo o próprio, a doença se manifestou de maneira pior. ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários