O ex-gerente do Observatório da Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás (SSP-GO), tenente-coronel da PM Geyson Alves Borba, nega que tenha havido qualquer manipulação de dados de homicídio em 2018. “Não existe possibilidade de adulteração de dados de maneira a manipular de forma clandestina as estatísticas. O que pode ocorrer é registro errado, o qual é corrig...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários