A ex-procuradora geral da República Raquel Dodge, denunciou, antes de deixar o cargo, em 17 de setembro, o ex-deputado e conselheiro afastado do TCE-RJ (Tribunal de Contas do Rio de Janeiro) Domingos Brazão como o “arquiteto” do homicídio da vereadora Marielle Franco (Psol), assassinada em 14 de março do ano passado. Na ocasião, o motorista da vereadora, Anderson Gomes, t...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários