Estudantes da Universidade Federal de Goiás (UFG) que integram programas de assistência estudantil e foram afetados pelo fechamento dos Restaurantes Universitários receberão auxílio-alimentação no valor de R$ 250 da instituição. A medida foi instaurada pela Pró-Reitora de Assuntos Estudantis (Prae) por meio de portaria na última segunda-feira (23) e busca reduzir o impacto social ocasionado àqueles que dependem dos serviços para realizar refeições. O repasse inicial será feito na primeira quinzena de abril.

De acordo com a UFG, o repasse, que tem caráter excepcional e emergencial, será feito para alunos da graduação presencial que tenham status ativo ou ativo-formando no Centro de Gestão Acadêmica (CGA). O recurso financeiro utilizado é oriundo do Plano Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes).

Caso seja necessário, diante dos desdobramentos da crise da pandemia do novo coronavírus, poderá haver a publicação de uma nova portaria ou edital referente ao atendimento emergencial em alimentação, em 30 dias, segundo a Prae.

A portaria define que serão contemplados estudantes que se enquadrem nas seguintes situações:

- Recebe Bolsa Moradia e não tem Bolsa Permanência MEC (Ministério da Educação);

- Moradores das Casas de Estudantes Universitários (CEU), atendidos pela Bolsa CEU;

- Estudantes atendidos, em caráter provisório, como moradores das Casas de Estudantes Universitários da UFG;

- Estudantes atendidos com a isenção das refeições tomadas nos Restaurantes Universitários e que tenham tido uma média de utilização igual ou superior a 20 grandes refeições (almoço/jantar) nos meses de setembro, outubro e novembro de 2019;

- Estudantes atendidos pelo Programa Acolhe UFG de 2020.