O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), informou na manhã desta quarta-feira (31) que, caso haja aumento da ocupação de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) no Estado, as atividades não essenciais serão fechadas por mais 14 dias. A frase foi dita durante a videoconferência sobre ações de combate à Covid-19 no feriado de Páscoa, no domingo (4). Caiado ressal...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários