Mulher do pastor Fabiano Silva, que acolheu Hian Alves de Oliveira, de 18 anos, em casa, há cerca de três meses, Dárita de Jesus, de 31 anos, disse que está chocada e assustada com o envolvimento do rapaz na morte de Danilo de Sousa Silva, de 7 anos. “Ele morava dentro da minha casa. Nunca pensei que ele fosse capaz de fazer uma coisa dessas”, afirmou. Inicialmente,...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários