Em resposta há uma ação proposta há seis anos pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO), o Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) determinou a construção da cadeia pública de Cocalzinho de Goiás em 12 meses. A decisão é do juiz Levine Artiaga e determina ainda que, caso de descumprimento, será aplicada multa de R$ 10 mil por dia de atraso. A comarc...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários