A Secretaria de Saúde de Goiás (SES-GO) ainda não quitou sua dívida de 2018 com as Organizações Sociais (OSs) que administram os hospitais do Estado. Os repasses financeiros atrasados somados chegam a R$ 188 milhões. O governo diz que os pagamentos dependem do reequilíbrio financeiro das contas do Estado. Os tamanhos dessas dívidas variam bastante entre as unidades....

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários