Mesmo com o decreto do governo do Estado, que determina o fechamento de locais que reúnem aglomerações, visando reduzir o avanço do coronavírus em Goiás, estabelecimentos de cidade do interior foram flagrados em funcionamento pela Polícia Militar (PM) na noite desta sexta-feira (20) e madrugada deste sábado (21), algumas recebendo multas por desobedecer a decisão.

Em Pirenópolis, região Central do Estado, três estabelecimentos foram fechados na noite desta sexta-feira. Os locais flagrados em funcionamentos foram uma empresa de internet, uma casa de aluguel por temporada e uma pousada. A multa estipulada para os donos dos estabelecimentos é de dez salários mínimos.

Conforme o Secretário de Finanças do município, Chystian Tita, a fiscalização continua e deve se tornar mais rígida por conta do novo decreto do governo estadual. A entrada de Pirenópolis foi fechada para monitorar o movimento de turistas. Atualmente, há 2 casos suspeitos de coronavírus na cidade.

Já em Niquelândia e Caiapônia, regiões Norte e Oeste do Estado respectivamente, distribuidoras de bebidas tiveram que ser fechadas pela Polícia Militar. Em um dos casos, o proprietário desobedeceu várias vezes aos alertas dos policiais.