Desde meados de junho, em média, as funerárias em Goiânia começaram a fazer entre 5 e 8 sepultamentos diários de corpos dentro dos protocolos sanitários para casos suspeitos de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). De acordo com levantamento feito pelo POPULAR junto a funerárias, até o mês de maio, a média era de 1 ou 2 enterros nestas condiçõe...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários