Uma enfermeira de 35 anos foi presa nesta quarta-feira (10), em Ceilândia (DF), suspeita de abusar sexualmente de um paciente de 54 anos com esclerose lateral amiotrófica (ELA). A doença deixa a pessoa paralisada, incapacitada inclusive de falar. O G1 DF reporta que, conforme a ocorrência, o caso só veio à tona porque a vítima recebeu um computador pelo qual pôde s...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários