A Organização Goiana de Terapia Intensiva (OGTI), empresa responsável pela gestão dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Goiânia Leste, no Setor Leste Universitário, onde a estudante de Arquitetura Susy Nogueira Cavalcante, de 21 anos, foi vítima de estupro por um técnico de enfermagem, confirmou em nota que só informou a família sobre o crime a...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários