O empresário goiano Gustavo Gayer, denunciado pelo ataque a enfermeiras em Brasília, era um dos integrantes do protesto realizado nesta sexta-feira (15), em Goiânia, pela reabertura do comércio. A presença dele na carreata foi registrada em fotos compartilhadas nas redes sociais. Gayer foi identificado pelo Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) como uma das três pessoas que teriam atacado prof...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários