Em um ano, Goiás teve pelo menos seis casos de mortes em ação registrada como confronto contra a Polícia Militar (PM) que foram alvo de questionamento por parte de familiares. Em três deles, militares chegaram a ser presos após investigação da Polícia Civil (PC) ou do Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO). O caso mais recente, que tem a versão de confronto ques...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários