Em resolução publicada nesta sexta-feira (27), a Universidade Federal de Goiás (UFG) suspendeu os calendários acadêmicos por tempo indeterminado. A decisão foi aprovada em modo ad referedum, isto é, ainda está sujeito à aceitação posterior por parte do Conselho Universitário (Consuni), já que não foi possível realizar reunião presencial como medida de prevenção ao coronavírus.

O novo calendário ainda será divulgado. O motivo da suspensão é a série de medidas que vem sendo tomadas como forma de prevenção ao coronavírus. É preciso lembrar que a universidade está com as aulas presenciais suspensas desde o dia 15 de março para evitar aglomerações.

Na resolução, o reitor Edward Madureira escreve que as atividades presenciais não poderão ser repostas ou substituídas por atividades remotas, considerando a realidade socioeconômica da maioria dos estudantes da UFG, que podem não ter acesso a computador em casa.

Ficaram mantidos apenas os estágios supervisionados na área da Saúde, e, mesmo assim, sujeito a aprovação, dos docentes e dos alunos, e as bancas de defesa, desde que realizadas em modo não presencial.