Atualizada às 19h37 Após as aglomerações de turistas em espaços públicos no feriado prolongado de 7 de setembro, a juíza de Direito Marianna de Queiroz Gomes, por meio de liminar, determinou que o município de Aruanã apresente em 24 horas um plano de emergência e fiscalize as aglomerações. Na decisão, a magistrada também exigiu o aumento do efetivo da Polícia Mi...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários