Atualizada 18h50 Luciana Jordão, filha de uma idosa de 88 anos, denunciou que a mãe, Floramy de Oliveira Jordão, recebeu a vacina da Covid-19 apenas após contestar que a primeira dose não havia sido injetada. Em vídeo gravado por ela na Área I da PUC-Goiás, é possível ver que a profissional de saúde não aplicou o líquido do imunizante na senhora.  Segun...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários