A pandemia de Covid-19 jogou um balde de água fria nas celebrações de fim de ano e nas férias de adultos e de crianças. Mas poucos foram tão duramente afetados como os idosos que vivem em asilos e casas de repouso. Esta época do ano, era muito aguardada pelos mais velhos, pois muitos deles deixavam as instituições e retornavam brevemente ao convívio familiar. Mas a Covid-19 ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários