Há mais de 10 anos em busca de uma cirurgia de abdominoplastia e um implante de silicone pelo Sistema Único de Saúde (SUS), Maria (nome fictício) foi responsável por denunciar Eder Alves da Rocha, de 51 anos, preso na última terça-feira (12) suspeito de “vender” vagas para cirurgias eletivas em hospitais públicos de Goiânia. O esquema, segundo a Delegacia Estadual de...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários