Unidades de ensino públicas e particulares em Goiás organizam ações para evitar a prática do chamado ‘desafio da rasteira’. A prática, que consiste em derrubar uma pessoa, viralizou na internet e já provocou até a morte de uma adolescente no Rio Grande do Norte na última quarta-feira (12). No desafio, dois jovens chamam um terceiro integrante, que fica entre os dois p...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários