Atualizada às 13h06.

As doses da vacina contra a gripe já acabaram na manhã desta quarta-feira (25) nos drive-thrus instalados na sede do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO), na Cidade Jardim, em Goiânia e no 7º Batalhão da Polícia Militar, no Jardim Europa. Ainda durante a manhã, o posto de vacinação instalado no Goiás Esporte Clube também ficou sem doses.

Procurada, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que haviam sido enviadas 100 doses para o local. Ao longo da manhã, elas acabaram e com isso pouco mais de 400 doses foram remanejadas de outros pontos e enviadas para o Campo Goiás. No final desta manhã, idosos, respeitando a distância, aguardavam na chuva para se vacinar. Em seguida, os que continuam na fila foram direcionados para um local, onde foi providenciada uma cobertura. A SMS informou ainda que dos 77 postos do município em 41 as doses já acabaram.

Sobre a falta de vacinas, a reportagem entrou em contato com a Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO). A pasta informou que as doses são enviadas pelo Ministério da Saúde (MS) e que ainda não havia nova data para remessa. Em nota, o MS informou que toda semana envia novas remessas de lotes da vacina aos Estados, conforme entrega do laboratório parceiro, o Instituto Butantan, que antecipou em um mês sua produção, para que o país iniciasse a vacinação da população contra a gripe. No entanto, não informou quando as novas doses serão enviadas para Goiás.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe a nível Brasil teve início na última segunda-feira (23). A data foi antecipada pelo Ministério da Saúde (MS) com o intuito de proteger a população, em especial os grupos prioritários, da enfermidade. Nesta primeira etapa, os idosos e trabalhadores da saúde são os alvos da imunização.

Em Goiás, integram esses grupos prioritários mais de 2,1 milhões de pessoas. A meta da campanha é vacinar pelo menos 90% desse contingente no Estado, o equivalente a mais de 1,8 milhão de pessoas.